Za studioZa studio

TRANSGENDER CENTER BRAZIL

      

 

DIRETOR TÉCNICO:

DR JOSÉ CARLOS MARTINS JÚNIOR CRMSC 18281

Bioplastia Facial

O ácido hialurônico é uma das substâncias mais utilizadas na Bioplastia. Capaz de modificar os volumes faciais, corrigindo sulcos e rugas, esse ácido é natural do corpo humano.

Porém, com o passar do tempo, ele deixa de ser produzido com a mesma intensidade.

Outra indicação é para correção de defeitos estéticos, como a forma do nariz, volume dos lábios e do queixo, olheiras, etc.

O preenchimento é realizado com pequenas agulhas ou cânulas. Para manter a consistência natural, é usado ácido em gel, que não causa alergia.

Por ser absorvível, o resultado dura cerca de um ano. Ao integrar-se ao ácido natural do corpo, o ácido hialurônico em forma de gel cria volume e auxilia a passagem de oxigênio, hormônios e outros elementos nutritivos.

Por causa do incômodo causado durante o preenchimento, é necessário aplicar anestesia local ou sedação. O procedimento dura entre 10 e 30 minutos, variando conforme a região escolhida e a quantidade de intervenções.

A paciente pode retornar para casa e retomar a rotina profissional logo após o término da sessão. Nas primeiras horas após a Bioplastia, é necessário fazer compressas com gelo para evitar edemas, uma vez que alguns efeitos temporários são a vermelhidão, a rigidez da pele e o inchaço. Os resultados são perceptíveis logo após a sessão, mas são mais suaves que os de uma plástica. Assim, esse tratamento é mais indicado para pessoas com grau leve ou moderado de envelhecimento.

O preenchimento com ácido hialurônico é contraindicado para pacientes com sensibilidade ao produto, doenças autoimunes, tendência para formação de queloide e diabete melito. Também deve ser evitado em mulheres grávidas ou em caso de amamentação.